15 de junho de 2020

    BACKUP, SUA EMPRESA NÃO PODE DEIXAR DE TER UM

    O backup é uma solução simples e eficiente para manter a segurança dos dados corporativos. Acionado em caso de perdas ou falhas, como os arquivos corrompidos, o backup é conhecido como uma cópia de segurança.

    Já imaginou perder os arquivos, dados e informações da empresa, sem chance de recuperação?

    Esse é um grande problema, não é mesmo?

    Por isso, o backup é fundamental para todas as empresas que trabalham com algum tipo de sistema digital.

    É muito importante entender que o backup se diferencia do armazenamento, pois a função dele é proporcionar uma cópia dos arquivos. Portanto, não adianta realizar o backup em um mesmo dispositivo de armazenamento.

    Feito de forma periódica conforme a necessidade de cada empresa, o backup irá copiar todos os arquivos atuais para um novo local. Dessa forma, em caso de qualquer problema é possível restaurar o arquivo original com facilidade.

    Já abordamos sobre a importância de garantir a integridade dos dados para segurança da informação. O backup garante dados restaurados de forma íntegra, conforme o arquivo original, o que é uma grande vantagem para segurança da informação!

    Mas, afinal, quais são os riscos para as empresas que não tem um backup ou mesmo possuem um sistema ineficiente?

    RISCOS PARA AS EMPRESAS QUE NÃO POSSUEM BACKUP

    As empresas que não possuem um sistema de backup devidamente funcionando podem sofrer com:

    • paradas inesperadas dos trabalhos;
    • queda de produtividade;
    • perda de credibilidade;
    • problemas regulatórios;
    • ataques hackers.

    Cada dia mais os trabalhos são digitalizados e envolvem uma infinidade de dados e informações. Muitas empresas funcionam por essência através das informações digitais, portanto, qualquer perda ou falha nesses dados e informações poderá causar prejuízos.

    Algumas empresas dependem tanto disso que não conseguem funcionar sem a disponibilidade dos arquivos. Nesse caso, a ausência dos arquivos significa parada total dos trabalhos da empresa.

    Outro problema que causa prejuízos para a empresa é a queda de produtividade. Relacionada a um gasto maior de tempo do colaborador para acessar um arquivo com dados e informações relevantes, ou mesmo no retrabalho para construir um novo arquivo, a perda de produtividade pode ser evitada facilmente com sistemas de backup eficientes.

    As perdas e falhas de arquivos podem impactar na relação da empresa com os clientes. Afinal, sem alguns dados e informações alguns sistemas não funcionam e isso pode prejudicar diretamente o atendimento ao cliente.

    Com a criação da lei geral de proteção de dados (LGPD) as empresas são responsáveis pelos dados e informações coletados dos clientes. Portanto, a perda ou corrupção dos arquivos com esses dados e informações poderá causar um problema regulatório para empresa, que terá que coletar novamente os dados com autorização expressa dos clientes.

    Por fim, sem um backup eficiente a empresa fica a mercê de pessoas mal intencionadas. Os ataques hackers são cada vez mais comuns, especialmente através do sequestro de arquivos corporativos, liberados mediante um “resgate”. Com um backup a empresa pode combater de forma eficiente esse ataque, sem prejuízo para suas operações.

    COMO FAZER UM BACKUP CORPORATIVO

    Entendida a importância do backup e quais os riscos de não ter um sistema eficiente implementado na empresa, vamos conhecer quais são os diferentes tipos de backup e como aplicá-los.

    Os backups podem ser feitos em 3 diferentes mídias:

    • dispositivos comuns de armazenamento;
    • servidores;
    • nuvem.

    Os dispositivos comuns de armazenamento de arquivos são os DVDs, pendrives e HDs externos. Esses dispositivos são usados por empresas de menor porte e não são profissionais, pois não tem grande capacidade e podem falhar.

    Já os servidores são um dos principais recursos utilizados para backup. Eles são sistemas de hardware robustos, que além de várias outras funções tecnológicas também podem desempenhar o backup.

    A nuvem é a referência para o backup corporativo, pois os arquivos são copiados para um local externo a empresa, de forma totalmente segura. Além de camadas de segurança adicionais, a nuvem permite a recuperação e restauração de arquivos de forma remota, em qualquer lugar.

    O backup pode ser feito de forma completa ou somente sobre as alterações e incrementos feitos nos arquivos. A periodicidade varia conforme as necessidades da empresa, mas o backup pode ser feito de hora em hora, ao final de cada dia ou mesmo a cada semana, por exemplo.

    Para implementar um sistema eficiente é importante que a empresa defina as políticas de backup. Essas políticas incluem quais dados são importantes de terem uma cópia de segurança, os tipos de backup, usuários que terão acesso a esse backup e também a melhor mídia para armazenar as cópias dos arquivos.

    A it.line está preparada para auxiliar empresas de médio e grande porte a realizarem um backup eficiente, em nuvem ou através de servidores.

    Se você gostou desse artigo e quer saber de forma prática como o backup se encaixa em uma estratégica completa de proteção de dados da empresa, acesse 4 dicas para proteger os dados de sua empresa.

    Leave your comment

    Please enter your name.
    Please enter comment.

    Entre em contato conosco !