9 de março de 2020

    Força feminina! Conheça exemplos de mulheres que deixaram sua marca na história da tecnologia e da computação

    Atenção, mulheres! Vocês, que são parte da história da computação, da engenharia e da tecnologia da informação neste século XXI, são exemplos de perseverança e de superação. Neste Dia da Mulher, a ItLine Soluções deseja a cada uma de vocês que se lembrem sempre do quanto vocês são fortes; do quanto devem ser respeitadas e ouvidas e de quanto espaço já conquistaram. Desistir, jamais: se quiserem fazer, façam! Assim sempre pensaram Sylvia Bellio – fundadora desta empresa que comemora 15 anos de existência nesta semana e é, hoje, canal de vendas internacionalmente reconhecido – e diversas outras mulheres marcantes para a história da humanidade, nas quais a Sylvia – e todos nós – se inspira diariamente. Com sua força, essas mulheres mudaram conceitos, pontos de vista e mentalidades que pareciam imutáveis. Foram e são destaque dentro da área de tecnologia, entre outras centenas de mulheres, por exemplo:

    Ada Lovelace: tradutora de textos escritos por um matemático, Ada Lovelace foi uma mulher transformadora da área de tecnologia já no século XIX. Foi ela quem escreveu o primeiro algoritmo possível de ser processado por uma máquina. Ada pode ser considerada mãe da programação.

    Irmã Mary Keller: foi a primeira mulher a se tornar doutora em ciências da computação e criou a linguagem de programação precursora do Pascal. Seus livros sobre o tema são referências bibliográficas até hoje.

    Adele Goldstine, Betty Snyder, Marlyn Wescoff, Fran Bilas, Kay McNulty e Ruth Lichterman: são as garotas do ENIAC, um dos primeiros supercomputadores criados no mundo. Elas eram responsáveis por configurá-los e por dar instruções para a realização de seus cálculos e também criaram manuais de instruções e protocolos de salvamento de configurações. Betty Snyder ficou marcada, ainda, por desenvolver o primeiro sistema informatizado para censo nos Estados Unidos e inventar o teclado numérico para programação.

    Grace Hopper: foi uma das criadoras da primeira linguagem de programação para bancos de dados comerciais e de linguagem para programação do primeiro computador comercial norte-americano. Ficou famosa por popularizar o termo bug e por ser bastante representativa na luta de mulheres dentro da indústria de tecnologia.

    Karen Sparck Jones: na década de 50, foi premiada por suas pesquisas na área de processamento de informações e de linguagem automática. Alguns anos depois, criou o conceito conhecido como FDI – Frequência de Documentos Inversa – medida que avalia a importância de uma palavra para um documento, até hoje usada como base nos mecanismos modernos de buscas.

    Radia Perlman: é considerada a mãe da internet por ter criado o Protocolo Spanning Tree (STP), em busca da melhor performance de sistemas de envio de dados.

    Sheryl Sandberg: é empresária e chefe operacional do Facebook há 12 anos. Também foi vice-presidente de vendas globais e de operações online da Google. Além de destaque no mercado, Sheryl também é destaque entre as mulheres famosas da área de tecnologia pelo seu posicionamento enfático em relação a alguns temas bastante polêmicos, como aborto.

    Del Harvey: é chefe da empresa responsável pela segurança de todos os usuários do Twitter (atualmente, com mais de 300 milhões de pessoas ativas todos os meses).

    Susan Wojcicki: mãe de 5 filhos, Susan já esteve na lista das 100 mulheres mais influentes do mundo, feita pela revista Forbes; já trabalhou no Google e atualmente é diretora executiva do Youtube.

    Nina Silva: colaboradora dos times de tecnologia da informação de grandes empresas nacionais e internacionais, Nina Silva é especializada em consultoria e implementação. Brasileira, ela é líder voluntária do subcomitê de Inclusão de Mulheres Negras em Empresas do Grupo Mulheres do Brasil.

    Aproveitando a deixa, deixamos uma recomendação de filme relacionado às mulheres fortes da história da computação e tecnologia. Quem ainda não assistiu, deve assistir Estrelas Além do Tempo, que conta a história de três matemáticas da NASA no início da década de 60, durante a Guerra Fria. As matemáticas – outros exemplos de força e superação – são Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson.

    Clique para assistir ao trailer de Estrelas Além do Tempo.

    Foto do artigo tirada no evento de comemoração de 15 anos da it.line no dia 07 de Março de 2020.

    Leave your comment

    Please enter your name.
    Please enter comment.

    Entre em contato conosco !