9 de outubro de 2019

    EMPRESAS DE TECNOLOGIA PRECISAM, SIM, INOVAR TECNOLOGICAMENTE (TODOS OS DIAS!)

    A expressão inovação tecnológica é todos os dias, o tempo todo, acrescida de sentidos e possibilidades. Se torna uma expressão cada vez mais ampla e levada cada vez mais a sério. É impossível negar que todos nós passamos bastante tempo tentando encontrar maneiras de nos manter atualizados e adaptados ao universo virtual, seja em busca de uma evolução pessoal, seja em busca de uma evolução profissional. Hoje em dia, mais ninguém escapa da preocupação com essa tal “inovação”, nem mesmo as empresas que trabalham, justamente, com tecnologia. E para estas empresas, o desafio parece ser ainda maior.

    ACOMODAÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO

    Será que dentro de uma empresa de tecnologia é mais fácil deixar passar aquela preocupação com se manter sempre em evolução? Parece que, quanto mais trabalhamos diretamente conectados com a tecnologia, menos lembramos da importância de realizar teses, pesquisas e mudanças com maior frequência. O ditado diz que, quando a casa é de ferreiro, o espeto é de pau. A empresa é de tecnologia; os profissionais são geniais; os equipamentos são de última geração. Mas, atenção: a acomodação está proibída! A pressão para que uma empresa de tecnologia esteja sempre inovando é, sim, constante. Nada vai mudar isso, mas muito pode ser feito para que essa pressão seja positiva e renda diversos frutos. Uma empresa de tecnologia pressionada para inovar tecnologicamente – e que lida bem com esta pressão – se torna uma empresa diferenciada, antenada, procurada.

    COMO SER UMA EMPRESA DE TECNOLOGIA ANTENADA

    Duas sugestões de mudanças dentro da empresa podem ser bastante importantes na busca deste diferencial. Algumas instituições que já trabalham com estas mudanças são provas vivas (vivíssimas!) disso. Sugestões que podem parecer simples, mas interferem no processo produtivo e no desenvolvimento de colaboradores. A primeira é a sugestão de criação (ou adequação) de um ambiente propício para que, até mesmo dentro de uma empresa de tecnologia, seja mantido o interesse pela inovação tecnológica; a paixão pela busca por novidades e pela realização de pesquisas e testes. Quando o ambiente está adequado, falar sobre tecnologia ou estar em contato com tanta atualização o tempo todo deixa de ser cansativo e passa a ser instigante. A segunda é a famosa (e sempre válida) sugestão do diálogo. Qual diálogo? De equipe! Preparar profissionais através de partilhas de ideias semanais ou quinzenais, por exemplo; conversar sobre novidades e mudanças no mercado; analisar a evolução de outras companhias; estudar exemplos de empresas de tecnologia inclusive de fora do país. Encontrar pessoas dentro da própria equipe ou contratar alguém novo para o time apenas para pesquisas de novidades também pode ser uma boa ideia. Essa(s) pessoa(s) atuará como um preparador técnico do time, buscando e compartilhando tudo o que houver de novidade relacionada ao mercado das empresas de tecnologia e também à inovação tecnológica. E com foco em mudanças futuras, sejam a longo ou curto prazo.

    QUE VENHA A INOVAÇÃO!

    Ser uma empresa de tecnologia inovadora, com destaque no mercado, é ter as ferramentas e propriedades para antecipar as necessidades de seus clientes; ser capaz de trabalhar com previsão de solicitações e colocar possibilidades em teste antes mesmo de as solicitações acontecerem. Uma empresa de tecnologia realmente antenada, já consegue antecipar possíveis acontecimentos do mercado; adequar novas tecnologias aos serviços prestados e até mesmo experimentar o uso de tecnologias não imaginadas para determinados serviços ou necessidades da empresa; personalizá-las, para ampliar áreas de atendimento. 

    Entre em contato conosco !