17 de julho de 2019

    HOME OFFICE SÓ É POSSÍVEL COM CLOUD COMPUTING

    O modelo de trabalho remoto é cada vez mais utilizado, seja em grandes corporações ou pequenos negócios. Em cidades grandes como São Paulo, em que os deslocamentos são caros para empresas e colaboradores, poder trabalhar a partir de casa é uma vantagem e, muitas vezes, considerado como um benefício oferecido pela marca empregadora que a diferencia das demais na disputa por funcionários qualificados.

    Para que o home office funcione, uma condição é essencial: o compartilhamento de informações. Como diz o ditado, ‘nenhum homem é uma ilha em si mesmo’, e mesmo à distância as equipes precisam estar engajadas e informadas sobre o andamento dos projetos em que estão envolvidos.

    Empresas pequenas podem montar equipes por demanda, aumentando o número de colaboradores para um projeto específico, e a necessidade se repete: informações disponíveis e processos estruturados.

    O compartilhamento de informações à distância só é possível em um ambiente digital, o cloud computing, ou computação em nuvem. Ele permite armazenar dados com segurança, organizar processos e acessar informações no computador, celular, tablet.

    Além disso, é possível armazenar arquivos em diversos formatos e o acesso pode ser restrito e hierarquizado: você decide quem pode editar arquivos ou só visualizar, por exemplo.

    IMAGINE O MUNDO SEM A NUVEM

    Agora, vamos fazer um exercício de imaginação! Sua empresa resolveu aderir ao trabalho remoto, mas não dispõe de nenhum tipo de serviço em nuvem. O funcionário está trabalhando em um relatório que deve ser entregue no dia seguinte, e tem uma dúvida. Ele então manda o arquivo por e-mail – o que já tem potencial de risco – com suas questões e depois de 30 minutos alguém responde (a gente sabe que não é bem assim que funciona, às vezes demora um pouquinho mais pra responder, mas estamos usando a criatividade).

    A resposta, no entanto, levanta outras dúvidas, e os dois ficam numa enorme troca de e-mails para resolver a questão. Se colocarmos uma terceira e quarta pessoa, então, aí é que as coisas se complicam de verdade.

    Você já passou por isso? Como se sentiu ao demorar uma tarde inteira em um trabalho que deveria ocupar pouco mais de uma hora?

    BENEFÍCIOS DO CLOUD COMPUTING

    Os sistemas de cloud computing foram criados há mais de 10 anos, em 2008, e vem sendo aperfeiçoados desde então. Hoje já é possível contar com diferentes tipos de serviços em nuvem, que pode ser pública, privada e híbrida. São inúmeros os benefícios para as empresas, e as vantagens começam na relação custo x benefício. Conheça algumas outras:

    • Os backups são feitos diretamente na nuvem, trazendo mais segurança no armazenamento de informações;
    • Não há necessidade de instalar programas específicos para abrir documentos;
    • O espaço para armazenar dados é infinitamente superior ao espaço físico;
    • Os trabalhos compartilhados podem ter edições simultâneas com acesso em tempo real;
    • O acesso aos arquivos é imediato, a única condição necessária é ter acesso à internet.

    CLOUD COMPUTING, TENDÊNCIA DE NEGÓCIOS

    Uma conquista dos nossos tempos, em que é preciso encontrar soluções para a questão da mobilidade que afeta as grandes cidades, o trabalho remoto promete ser realidade na maioria das empresas em pouco tempo.

    Por conta disso, podemos esperar o aperfeiçoamento constante do cloud computing, tanto em termos de segurança quanto de acessibilidade. Muito já tem sido feito – basta lembrar das soluções limitadas que existiam há poucos anos.

    Fonte: CDT

    1 Comments

    1. REINALDO MARTINELLI DE CARVALHO

      Matéria sempre interessante. Só acrescenta.

    Leave your comment

    Please enter your name.
    Please enter comment.

    Entre em contato conosco !