15 de maio de 2019

    SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO: COMO PROTEGER CORRETAMENTE OS SERVIDORES

    Manter a segurança das informações de uma empresa não se limita, apenas, a preservar os dados produzidos por ela ao longo de sua existência. Cuidar de maneira correta do meio físico que guarda essas informações também faz parte dessa proteção.

    Por conta disso, ter um local apropriado para os servidores e demais equipamentos é fundamental para que a empresa garanta que tudo esteja protegido adequadamente.

    A IMPORTÂNCIA DE PROTEGER OS SERVIDORES

    Um bom departamento de TI sabe que não basta ter os melhores softwares e sistemas de proteção de dados se seus hardwares – tais como os servidores – não estiverem instalados e guardados corretamente.

    Ter um lugar apropriado e um ambiente desenvolvido especialmente para receber esses equipamentos faz parte do processo de segurança das informações, garantido que os dados da empresa não sejam perdidos ou, até mesmo, roubados.

    Os Data Centers, ou Centro de Processamento de Dados, são os locais criados exclusivamente para alocar os servidores e demais equipamentos necessários para transmissão, processamento e armazenamento de dados.

    Para que esses equipamentos sejam acondicionados e protegidos corretamente é preciso que o ambiente tenha algumas especificações, tais como:

    – Racks

    Os racks são móveis desenvolvidos especialmente para acomodar e organizar os servidores de maneira segura, ajudando na circulação de ar, e mantendo a refrigeração dos aparelhos. Eles também garantem que servidores e equipamentos fiquem dispostos de maneira ordenada, facilitando o acesso e manuseio dos equipamentos pelos profissionais de TI.

    – Sistema de resfriamento

    Conservar o ambiente com a temperatura e a umidade correta é fundamental para a preservação dos servidores e demais equipamentos, já que o calor excessivo pode levar ao superaquecimento das máquinas, ocasionando mau funcionamento.

    A temperatura de 21°C é a mais indicada para esses locais. Casos em que a empresa esteja instalada em regiões muito úmidas, a instalação de um desumidificador contribui para que as máquinas fiquem secas e livres de fungos.

    – Fornecimento constante de energia

    Para o bom funcionamento dos servidores e a segurança dos dados que estão sendo armazenados, é importante que o fornecimento de energia seja constante. Para isso, é fundamental que o local disponha de nobreaks e geradores, ou ainda que seja abastecido por mais de uma subestação de energia.

    A oscilação de abastecimento desse serviço pode fazer com que dados importantes sejam perdidos, sem ter como recuperá-los posteriormente.

    – Cabos protegidos

    É importante também manter a proteção e preservação dos cabos que alimentam os servidores. Por eles passam todas as informações e dados da empresa, assim, garantir que esses componentes não estejam vulneráveis dentro e fora da sala do servidor é fundamental para evitar furto de dados ou perda de conexões.

    O LAYOUT IDEAL PARA A SALA DO SERVIDOR

    Uma sala de servidor segura engloba diversos fatores além dos citados anteriormente. Todos esses cuidados têm por objetivo evitar que os dados e informações sejam roubados, adulterados, ou perdidos devido à má administração do local. Além disso, resguarda os equipamentos que compõem essa estrutura de danos materiais ou virtuais.

    Assim, seu layout deve ser pensado e desenvolvido de forma que essa segurança não seja comprometida.

    – Escolha da sala

    O lugar para instalação do Data Center deve ter o tamanho adequado para receber todos os equipamentos, complementos, e claro, a equipe de TI, de modo que essa possa se movimentar dentro do ambiente de maneira segura tanto para eles quanto para os equipamentos.

    Somado a isso é indicado que o pé direito tenha entre 3,5 a 5,5m de altura para uma melhor circulação de ar.

    – Piso

    O assoalho deve ser adaptado para receber os equipamentos. Dessa forma, o piso precisa ser elevado para que todo cabeamento passe sob ele. A indicação também é que o piso seja emborrachado, pois esse material evita energia estática que pode comprometer o funcionamento dos equipamentos.

    – Instalação elétrica

    O lugar deve contar com instalação elétrica potente e que garanta uma tomada para cada equipamento, evitando compartilhamentos que podem gerar sobrecarga de energia.

    – Sistema anti-incêndio

    Assim como demais setores da empresa, a sala do servidor também precisa contar com um sistema de detecção e combate a incêndios apropriado para o ambiente.

    – Pressão positiva

    Para evitar entrada de poeira, fumaça ou partículas que podem comprometer o funcionamento dos equipamentos é importante que a sala do servidor seja mantida sob pressão positiva. Isso faz com que esses fragmentos sejam empurradas para fora da sala, e não sugadas.

    – Controle de acesso

    A sala do servidor deve ser um ambiente frequentado apenas por pessoas autorizadas. Lá está o coração da empresa e tudo que envolve seu funcionamento. Por isso, restringir o acesso é fundamental para manter a segurança que o local exige.

    Instalar alarmes, câmeras de segurança, e até abertura de portas via tranca biométrica são medidas indicadas para aumentar o controle de entrada e saída de pessoas.

    Quanto aos funcionários responsáveis pela limpeza do lugar, o ideal é oferecer a eles um treinamento específico, garantido que esses saibam os locais por onde podem circular e como proceder com a higienização correta para o setor.

    Para manter a segurança da informação da sua empresa é preciso somar ações que envolvam não só softwares adequados, mas também a estrutura ideal para receber os hardwares que fazem parte desse processo.

    Cuidados como os citados são fundamentais para preservar os servidores tanto de danos materiais quanto de invasões, sejam elas físicas ou virtuais, e assim manter seus dados protegidos e seguros.

    Fonte: Sylvia Bellio