29 de março de 2019

    COMO ESCOLHER O TIPO DE SERVIDOR MAIS ADEQUADO À SUA EMPRESA

    Quando o assunto é virtualização de dados e sistemas, paira uma grande dúvida sobre a maioria dos gestores de tecnologia : como escolher o tipo de servidor mais adequado às necessidades de minha empresa? A importância dessa escolha diz respeito não apenas à efetividade da hospedagem de dados, mas ao nível de investimento a ser realizado. Para facilitar a sua escolha, seguem algumas dicas de como descobrir a melhor solução em virtualização de dados para a sua empresa.

    O primeiro passo para qualquer tipo de escolha é conhecer as principais opções. Então, vamos a elas.

    • O que é um servidor virtual: Trata-se de um ambiente virtual que, com o uso de tecnologias de virtualização, é implementado a uma máquina física. As proporções desse ambiente virtual variam de acordo com as necessidades de virtualização de dados e sistemas, podendo variar a quantidade de memória RAM, quantidade de processadores, capacidade de armazenamento de dados (no HD) e até mesmo o sistema operacional. Lembrando que todo servidor virtual precisará de um servidor físico.
    • O que é um servidor dedicado: Trata-se de uma máquina física, cuja configuração é voltada exclusivamente para os dados e sistemas de um único sistema ou aplicação. Sua aplicação é voltada para empresas que tenham a necessidade de utilizar grandes quantidades de hardwares. Servidores dedicados apresentam custo elevado em relação aos virtuais, pois apresentam estruturas físicas integralmente voltadas para uma única aplicação.
    • No servidor virtual, uma mesma máquina física pode ser hospedeira de várias máquinas virtuais, podendo atender a mais de um sistema/aplicação. Economizando em recursos físicos, a opção apresenta custo reduzido. Já o servidor dedicado oferece recursos para o atendimento exclusivo a um sistema/aplicação. Apresenta custo mais elevado, porém, a exclusividade dos recursos é total.

    ALGUMAS DICAS PARA A ESCOLHA ENTRE OS TIPOS DE SERVIDORES

    Agora que conhecemos as principais opções, podemos formular algumas perguntas que direcionam a escolha pela solução de virtualização de dados e sistemas mais adequada para a sua empresa:

    • Quais as exigências técnicas para cada aplicação.
    • Qual é a quantidade de dados que minha empresa precisa virtualizar?

    Deve-se analisar se a necessidade de sua empresa se enquadra na capacidade oferecida por uma hospedagem virtualizada ou se ela exige uma hospedagem dedicada.

    • Qual é a proporção do investimento que pretendo realizar?

    Como já mencionado, a hospedagem através de servidor dedicado é a que apresenta custo mais elevado. Portanto, é necessário avaliar se há a real necessidade de recorrer a essa alternativa. A escolha correta garante que seja realizado o investimento mais compatível com as necessidades concretas de sua empresa, evitando gastos desnecessários.

    • Quantas aplicações serão hospedadas ou instaladas

    A FLEXIBILIDADE DA VIRTUALIZAÇÃO DE DADOS E SISTEMAS

    A opção virtualizada apresenta maior flexibilidade para a empresa, pois permite a utilização dos recursos necessários para o usuário, atendendo sempre à medida certa das necessidades apresentadas. Os recursos físicos, como é o caso do servidor dedicado, são indicados para empresas de grande porte que não “caibam” nos limites oferecidos pelos servidores virtuais.

    Atualmente, a capacidade de hospedagem de dados através da virtualização é cada vez maior devido às novas tecnologias de processamento e isso faz com que a virtualização de dados e sistemas passe a corresponder às necessidades da maioria dos clientes, deixando de atender apenas a algumas raras exceções.

    Para você que buscava por soluções para otimizar a gestão dos dados e sistemas de sua empresa, vale a pena conferir as facilidades e outros benefícios oferecidos pelas soluções virtuais.

    Servidores físicos ou virtuais, dedicados ou compartilhados, nos podemos ajudá-los a fazer a escolha certa!

    Fonte: CDT